segunda-feira, 22 de maio de 2017

[REVIEW] Doubutsu sentai Zyuohger

Pra quem não me conhece eu sou o Yoozen do canal Raciocinio Diferente e eu sou um dos autores aqui do blog e raramente eu escrevo sobre Tokusatsu e Pokemon, e hoje eu vou falar sobre o que eu achei de Zyuohger, o super sentai de 2016!



Como de costume aqui no blog (desde que eu comecei a escrever sobre sentai pelo menos) eu sempre escrevo um texto com minhas expectativas sobre o sentai que tá pra sair, e com Zyuohger não foi diferente (clique aqui para ler, caso queira), leia essa minha preview caso queira saber minhas primeiras impressões dessa série.


História:
A história de Jyuohger é um tanto quanto clichê, mas é um clichê legal justamente porque os personagens são carismáticos e a química entre eles é muito boa (isso é comum em muitas séries de super sentai), mas enfim, a história segue em torno de um novo mundo onde habitam os Zyumans, animais em forma humana (que parecem os 7 mestres dos Gekiranger), e esse mundo é inabitado por humanos, ou pelo menos até Yamato ir pra lá sem querer por um amuleto que ganhou de um "amigo" na sua infância... a partir dai, 4 Zyumans sem querer vão parar na terra, no nosso mundo, e percebem que precisam usar seus "ZyuohCube" para enfrentar um inimigo e voltar para casa.

Ta vendo? super clichê, mas a química entre os 4 Zyumans e Yamato (unico humano do grupo) é muito boa e gera episódios engraçados. Mas pra mim a série fica BOA MESMO quando introduzem o sexto membro, Misao Mondo, ou melhor... o Jyuoh The World. Esse personagem é muito bom, mas eu vou explicar melhor sobre ele depois na parte de "Personagens", por hora saibam que ele é uma das melhores coisas da serie.

Por falar em melhores coisas da série, a história de Jyuohger bate em paralelo com um rápido cross-over com os Gokaigers! O episódio 28 e 29 de Jyohger é um especial comemorativo dos super sentai e tem participação dos Gokaigers, mas não é gratuito, faz sentido total com a história e a introdução deles foi muito bem usada, foram um dos melhores momentos da série. Fiz até um texto aqui no blog falando só sobre esse dois episódios, se quiserem dar uma olhada, é esse texto aqui

Mas é basicamente isso, a série tem uma história clichê, mas é boa pelos personagens, pelo Jyuoh The World e pelo episódio especial com os Gokaigers (o final é algo a parte, que falo mais tarde).

Música de Abertura:
Um dos pontos mais positivos de Jyuoher é essa música, gostei desde o primeiro episódio

Personagens:

Uma das coisas que eu mais gosto nos Super Sentais é a química dos personagens, e Jyuohger fez isso muito bem!

No começo Jyuohger tem 5 personagens, dentre eles só um é humano e por mais que os outros tenham sua forma humana, eles agem como seus instintos animais ainda, sendo o leão agitado, elétrico e espontâneo, o elefante cauteloso, certinho e mandão e por ai vai, fora os "poderes" de cada um, como do Tubarão de ouvir super bem, do tigre de farejar objetos e pessoas.

Desses cinco o único que não gostei muito foi da Sela (Tubarão) ela é toda esquisita e no começo tinha um complexo de não querer ser tratada como "mulherzinha" e no final... isso foi completamente esquecido. De resto gostei de todos, principalmente do Yamato (Águia), mas NENHUM se compara ao Misao, sexto membro, ou melhor, o Jyuoh The World


Misao Mondo é um personagem tão bom e em tantos aspectos, que fica até complicado dizer aqui, mas vou tentar: pra começar, ele surge primeiramente como um vilão, que ganhou (contra sua vontade) os poderes de três animais e foi forçado a lutar contra os Jyuohgers (e metia o pau em todos juntos sozinho, diga-se de passagem). Depois ele foi corrompido e "voltou ao normal", mas ai vinha um problema: ele viu o quanto ele foi cuzão e fez os Jyuohgers apanharem e que três animais morreram pra ele ganhar esses poderes... então ele fica com complexo de culpa e não quer mais lutar e se sente triste quando lembra do que fez.

Até ai nada demais né?! vários rangers que começam como vilão e depois "viram do bem" passam por isso, mas o diferencial aqui não é só esse, porque Misao Mondo tem baixa auto estima!! Então esse sentimento de culpa dele é ainda maior, mesmo quando ele decide se juntar aos Jyuohgers pra derrotar quem os fez ficar desse jeito e ganhar esses poderes a força, do nada no meio da luta ele senta no chão e fica depressivo.

E não é só nas lutas ou no começo, ele é assim quase que a série inteira, ai começa meio que uma interação dos Jyuohgers com ele, meio que criando uma amizade de verdade, não forçando a barra como em algumas séries "Ah então você também tem os mesmos poderes que a gente?! vamos ser amiguinhos então, beleza?". Tem episódio que um dos poderes do vilão da semana é das pessoas falarem tudo que vier na cabeça, nessa hora alguns deles falam que ele é chato porque é depressivo na cara dele... e por mais que pareça besta, é muito importante e perigoso pra alguém que é assim ouvir isso, e a série abordou isso muito bem e de forma bem engraçada (que tipo de "poder" é esse pra um monstro cara?! HAHAHAAHAH).

Outro personagem bastante legal e interessante é o "amigo de infância" do Yamato que eu disse anteriormente na parte "História", mas eu não vou contar muito dele porque tira toda a graça do personagem, assistam e descubram de quem estou falando!

Sobre os personagens é basicamente isso, não tem nenhum vilão marcante, assim como a história que é clichê até dizer chega, o destaque vai para o The World e um pouco para os Zyuohgers também!

Uniformes:

O uniforme "básico" dos 5 Jyuohgers, como eu disse no texto de preview, são legais só no capacete e nas luvas e botas, o simbolo no peito é deveras estranho (mas dá pra acostumar)


Um dos pontos mais positivos e legais de Jyuohger no quesito uniforme, CLARAMENTE é pro JyuohEagle e The World (o sexto membro), e pros dois é no CAPACETE!



Como eu disse também no texto de preview (sério, vocês precisam ler esse texto) esse capacete do Vermelho que troca de forma (igual do Shurikenger) é MUITO daora! Ou seja, o vermelho tem 2 formas com o mesmo capacete, e como o sexto membro, Jyuoh The World, poderia ser melhor que isso?! com três formas!!!


É isso mesmo, o The World tem três formas, só "mudando" o capacete, ele pode ser Lobo, Crocodilo ou Rinoceronte. Demora um pouco pra acostumar com esses três, mas com o tempo você acostuma e entende qual é qual. Fora que no peito dele tem o simbolo dos três animais, gostei bastante disso!

Voltando um pouco agora pro JyuohEagle, fora essas duas formas que ele tem (de águia e gorila) ele tem também uma terceira, que essa sim muda o capacete por completo. Mas essa transformação, o capacete, a roupa... tudo é muito estiloso!!!


E como se 3 transformações (águia, gorila e baleia) não fosse suficiente, no ultimo episódio ele simplesmente usa as três juntas, e por mais que não pareça que combine, fica LINDO DEMAIS!! 


Uma pena que só o Eagle e o The World tenha mais de uma forma animal.. se todos tivesse ia ser ANIMAL (literalmente), eu até comentei isso no texto de preview, que a essa altura vocês já deveriam ter ido ler...

Mechas:

Os robôs dos sentais atuais estão cada vez menos interessantes, tanto no visual, como na importância dele na série, alguns só tão ali porque "precisa" ter robô, tanto pra vender brinquedo como porque é regra da série, mas que não colabora em NADA para a história, e com Jyuohger isso ficou cada vez MAIS forte!


Não to nem falando só pelo visual, os mechas em Jyuohger são descartáveis, tem mecha que foi usado 2 ou 3 vezes no máximo na série, ou mechas IGUAIS que só mudam de cor... sério, é muito triste esses mechas, se fosse pra dar uma nota, eu daria a mesma que eu tirava em física no colegial...
Conclusão da série:

Eu confesso que gostei bastante da série, tinha uma história simples e clichê, personagens muito bons (alguns nem tanto), um sexto membro foda pra caralho e uma química ótima entre todos os personagens. Eu não colocaria ela no meu top de "melhores sentais essenciais" mas também não consideraria uma série ruim, MAS os últimos minutos do ultimo episódio, ou melhor, a conclusão que deram pro fim da história... eu achei simplesmente o pior final de todos os super sentais que eu já assisti na vida!!!

E eu falo isso sem exageros, mesmo as séries que eu não gostei, teve um final legal, bom, aceitável... sei lá, um final que já era esperado, com Zyuohger foi um final que eu simplesmente não conseguia acreditar no que eu estava vendo... eu preferia não ter assistido mais quando estava nos últimos 10 minutos do episódio (sério!).

SPOILER ALERT (caso você tenha interesse em assistir a série e não quer spoiler, vá assistir e depois volte aqui pra ver o que eu achei desse final, agora eu vou detalhar TUDO e explicar os motivos)

Cara, durante toda a série se debateu o fator "preconceito" dos humanos com os zyumans, eu sei. O Gorila Larry, veio pra terra estuda-los e foi taxado de monstro e teve que viver escondido, criando assim um trauma de humanos, foi contado a história de alguns humanos que foram mortos pelos zyumans porque foram parar sem quer em Zyuland. Isso tudo foi apresentado pra gente ao longo da série, que humanos e zyumans não podem conviver juntos, então eles precisam fechar a conexão entre a terra e zyuland.

E o que acontece nos últimos 10 minutos do ultimo episódio?! Eles conectam Zyuland e a Terra e todos os zyumans passam a conviver com os humanos...

Eu entendo que quiseram passar a mensagem de "não ter preconceito com alguém só porque ela é diferente e etc" e é uma mensagem importante para as crianças e tal, mas não fez sentido nenhum no contexto da série como um todo!! Até faria, porque o Yamato queria muito acabar com esse preconceito e tal mas... não desse jeito, não com os últimos 10 minutos da série e mega forçado assim!!! Achei um final muito nas coxas, muito ruim mesmo (final que eu digo, os últimos 10 minutos do ultimo episódio mesmo, na reta final), eu teria aceitado melhor se tivesse tido mais tempo pra essa resolução, tudo em um episódio e em menos de 10 minutos... foi muito forçado pra mim.


Bom pessoal é isso, apesar de eu ter ODIADO o ultimo episódio de Jyuohger (falei na conclusão), esses últimos 10 minutos não apagam todos os outros episódios, personagens nem nada, eu diria que o Jyuoh The World é uma das melhores coisas da série, tanto como uniforme, personagem e tudo, gostei muito dele.

Mas é isso, assistam pelo Jyuoh The World, pela música (que é bacaninha pra caramba) e pelos dois episódios especias com os Gokaigers!

Nenhum comentário:

Postar um comentário